Montagem NTNoticias

A empresa Pronorte Empreendimentos Rurais Ltda, que pertence à família do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), foi notificada pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) por descarte irregular de lixo hospitalar em uma propriedade rural localizada em Wanderlândia, na região Norte do Estado. A fiscalização foi feita a pedido da Delegacia da Polícia Civil de Araguaína, após o escândalo do lixo hospitalar.

A polícia afirma que a fazenda está no nome da família Olinto. O valor total das quatro multas aplicadas soma R$ 3.275.000,00. A empresa deve retirar todo o lixo e fazer a destinação adequada dele urgentemente além de apresentar um plano de área degradada.

A empresa também deve remover, e dar destinação adequada, a uma camada de solo de 40 cm de espessura ao longo de toda a área e, no caso da vala coberta de deposição irregular, considerar a retirada de 80 cm de solo, além das dimensões da mesma. Além disso, a empresa deverá elaborar e apresentar Plano de Recuperação de Área Degradada, entre outras exigências. O Naturatins afirma que o aterro onde o lixo estava sendo enterrado funcionava sem licenciamento ambiental. O material biológico contava com uma área de 36 m³ de material biológico altamente contaminante e era enterrada em uma área de 43.410 m².

O local, segundo o parecer técnico do órgão, estava com o solo altamente poluído pelo depósito do lixo. “Principalmente por objetos, materiais, substâncias, tecidos e fluidos humanos, com alto poder contaminante e elevado grau de risco biológico em área de solo arenoso e em período chuvoso”, diz o documento.

O que favorecia, de acordo com o Naturatins, a infiltração de substâncias contaminantes no terreno, podendo comprometer o lençol freático. Além disso, foi observada a retirada e queima de vegetação nativa, o coco babaçu, espécie protegida no Tocantins. Os técnicos do órgão ainda perceberam a queima a céu aberto de objetos como medicamentos de uso exclusivo em hospitais, seringas, agulhas, bolsas coletoras, luvas, frascos e ampolas, entre outros.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.